Páginas

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

O que faz um Cientista Social?


Durante esse tempo na faculdade, tenho encontrado amigos que me fazem continuamente esta pergunta, algumas vezes confesso, achava complexo respondê-la, pois a atuação do Cientista Social é tão ampla que me limitava a responder apenas baseado na razão de eu ter escolhido o curso, entendia ser suficiente, mas fui percebendo que como estudante também sou um divulgador do curso, assim fui pesquisando sobre o papel desse profissional na sociedade.
Nesse mês, pensei que seria ótimo publicar um texto que respondesse essa pergunta de modo mais completo, mais esclarecedor, por conta dos calouros que estão iniciando sua caminhada acadêmica e também que pudesse ser útil ao graduando que esteja em dúvida do que fazer ao término do curso.
Então, ser profissional das Ciências Sociais, é estudar as origens, o desenvolvimento, a organização, o funcionamento das sociedades e culturas humanas. Ele estuda os fenômenos, as estruturas e as relações que caracterizam as organizações sociais e culturais.
Analisa os movimentos, os conflitos populacionais, a construção de identidades, a formação das opiniões. Pesquisa costumes e hábitos, investiga as relações entre indivíduos, famílias, grupos e instituições. Desenvolve e utiliza um conjunto variado de técnicas e métodos de pesquisa para o estudo das coletividades humanas, interpreta os problemas da sociedade, da política e da cultura.
A escancarada formação tecnicista que caracteriza o ensino nos nossos centros de conhecimento, talvez motivada pelo próprio anseio do aluno, em escolher uma profissão ‘rentável’, faz com que surja a pergunta: será que o Cientista Social tem mercado de trabalho?
Há nos setores público e privado a proliferação de fundações, soma-se ainda a diversificação da economia, a modernização da sociedade e a urbanização, essa realidade gera oportunidades de emprego em todo o país. O formado pode atuar em projetos de educação, saúde, transporte, meio ambiente, principalmente em iniciativas do desenvolvimento sustentável que junto com a engenharia é a grande vedete do emprego no Brasil.
Para os que se especializam na Sociologia, a área de ensino é a que oferece mais oportunidades, especialmente por causa da obrigatoriedade dessa disciplina no Ensino Médio. Em segundo lugar fica o setor de pesquisa social, realizada por agências como o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e, em terceiro, a de pesquisa de opinião, que abriga institutos como por exemplo: Ibope e Datafolha.
Ainda há o seguimento de assessoria sindical para prestar assessoria política e pesquisar perfis profissionais. Cresce ainda a demanda pelo Cientista Social na área de planejamento e desenvolvimento urbano, na qual ele elabora diagnósticos socioeconômicos. No Sul da Bahia há imensa necessidade desse serviço, já que quase não há profissionais da área disponíveis.
Há ainda as áreas de pesquisas sobre lazer, turismo e atividades com os usuários. Tem crescido o mercado para os antropólogos que é outro grande eixo das Ciências Sociais. Hoje eles também atuam nas cidades e não apenas nas áreas rurais, com comunidades indígenas, por exemplo. Nas capitais, trabalham como consultores sobre comunidades rurais e no estudo de grupos e tribos urbanas.
Já o Cientista Político consegue colocação em centros de pesquisa e em assessorias governamentais e de relações internacionais, podem morar em Brasília por exemplo, lá pertinho de Dilma, que tal?
Para os interessados na área acadêmica, há oportunidades nas universidades, mas para lecionar no Ensino Superior é necessário mestrado, doutorado. Esses então tem emprego garantido nas universidades públicas e particulares, epecialmente nas particulares onde não há a necessidade de concursos.
Àqueles que leram esse texto até aqui e se interessaram em ingressar no curso, gostaria de informar, estejam preparados para ler, e ler muito, exige grande carga de leitura e acompanhamento constante das questões sociais, culturais e políticas.
A matriz curricular é estruturada tendo como eixo principal três grandes áreas: Sociologia, Antropologia e Ciência Política. O grupo de disciplinas obrigatórias é composto por História, Geografia, Economia, Psicologia, Filosofia e Metodologia Científica, além das chamadas disciplinas pedagógicas para os cursos de licenciatura, é mole ou quer mais? Há ainda, aulas práticas, que incluem pesquisa de campo e coleta, análise e interpretação de dados empíricos.
E se você não quer a mediocridade, aquela coisa básica de uma formação estática, precisa se envolver com os programas de iniciação científica.
Na minha humilde opinião, o que difere esse curso de muitos outros é que, tendo ele três grandes eixos de conhecimento: Antropologia, Ciência Política e Sociologia, o estudante pode ao longo do curso ir direcionando sua escolha profissional, ou até mesmo se especializar nas três áreas, porque não?
Na Antropologia pode-se estudar a origem e a evolução do homem e das culturas. Na Ciência política - Analisa-se os sistemas, as instituições e os partidos políticos de um país e as relações entre as nações. Na Sociologia, minha predileta, investiga-se as relações, as estruturas e a dinâmica das sociedades modernas, analisando os processos históricos de transformação das organizações sociais.
Mas você pensa que acabou? Ainda tem outra atividade muito legal que o Cientista Social pode desenvolver com maestria,a pesquisa de opinião, coletando e analisando dados sobre diferentes acontecimentos ou ocasiões para identificar o comportamento e a reação de grupos sociais em relação a eles.
Ahhh! e tem mais uma notícia, meio que de última hora, como não há a obrigatoriedade de diploma especifico para exercer a função de jornalista, quer profissional melhor para exercer essa função do que o Cientista Social, pense num trabalho muito mais qualificado, onde se poderá produzir matérias com muito mais densidade? é isso aí!
Por tudo isso, acredito que nossa região ganha muito com o curso de Licenciatura com ênfase em pesquisas que a UESC oferece, um presente que esta universidade dá a toda sociedade.

Escrito por Maik Oliveira
Estudante de Ciências Sociais - UESC
e Coordenador de Comunicação do Centro Acadêmico

43 comentários:

gabriela disse...

Maik, adorei seu artigo! ajudou-me muito, sanou muitas dúvidas que eu possuía! prestei ciencias socias na Unesp e estou aguardando o resultado!
seu texto me deu muita motivação, pois o que mais escuto dos meus amigos e familiares é ''o que é ciencias sociais? o que faz um cientista social?'' e como vc, eu não sabia como explicar pelo simples fato de ser um curso que abrange tanta áreas, e acabava resumindo com algumas palavras '' estuda ciencia política, antropologia e sociologia'', sendo que na realidade eu queria era mesmo dar uma resposta mais completa. e vc me ajudou! obrigada!
estava desanimada, pois muitos ficam me perguntando se eu não tenho ambição de ter dinheiro e que esse curso não irá me proporcionar um futuro prospero...mas fui reanimada graças a vc!
continue postando!

Maik Oliveira disse...

Que lagal Gabriela, vc me emocionou sabia?! Que bom que esse texto te alcançou e se apenas vc tivesse se beneficiado para mim já estaria de bom tamanho. Mas é isso aí, mantenha-se animada, vale muito sim estudar ciências sociais, o Brasil e o mundo precisam de nós, talvez vc não fique milionária rsrsrs, mas viverá com muita dignidade e será uma cidadã diferenciada com certeza.
Visite meu blog: www.blogdomaikoliveira.blogspot.com

Abraços!
Maik Oliveira

PATRICIA disse...

oi Maik,gostei muito do seu texto.Muito esclarecedor e objetivo.As pessoas ainda tem pouquissima informação a respeito do curso,até o confundem com serviço social.Por isso, vc esta de parabéns.

Maik Oliveira disse...

Valeu colega, muito grato pelo comentário, tirar dúvidas nessa área do conhecimento é fundamental, muito grato mesmo!

Thiago Nalli disse...

Olá Maik,

Seu texto esta muito bom, acredito que qualquer pessoa que me perguntar agora o que é Ciências Sociais indicarei o link de seu texto.. rsrs

Estou começando a cursar Licenc. em Ciências Sociais agora em 2011 pela UNINOVE em SP. Cansei de pessoas me chamarem de louco, por eu querer largar a exatas que trabalho a 12 anos (Trabalho como Operador de Sistemas em Info.) Cheguei fazer facu de Sistemas da Informação, redes de computadores, mais não terminei nenhuma, pois o que gosto mesmo é lidar com pessoas, é estudar o comportamento coletivo, gosto de achar soluções para problemas sociais usando a tecnologia, juntar a inclusão social com a digital. Seu texto me abriu mais a mente.

Parabéns pelo blog.
Abraços

Sociologia Hoje disse...

Oi Thiago,
é super legal fazer o que gosta, dá aquela sensação de realização pessoal, de estar no lugar certo. Exatas é um campo excelente, quem sabe você conclua o curso de sistemas de informação um dia, vai ser uma ferramenta poderosa na sua profissão de Cientista Social rsrsrs, sou designer gráfico e isso faz a diferença nas áreas que atuo ainda como estudante, mas parabéns pela coragem e esteja certo...vc vai se apaixonar pelo curso e mercado não faltará, com certeza.

Abraço e obrigado pela visita, volte sempre, esse espaço também é seu.

Marta Alexandrina disse...

Eu estou cada dia, mais, maravilhada com esse curso e um mundo que eu sempre quis esta em profundo contado!!
Agora sei como responder o pq eu escolhi esse curso eu sempre quero resposta que me convenção de algo real.
Duvidas que me deixao inquieta preciso muito saber como agir de uma forma que nao agrida essa sociedade tao conservadora e tao injusta com as pessoa menos esclarecida.
Espero esclarecer muita coisa espero ter bastante contato com vcs veteranos para sugar umpouco dos seus conhecimentos!!
Abraços!1 E ate mais no campos!

Sociologia Hoje disse...

Veleu Marta..sirva-se à vontade, grato pela visita, você verá e lerá muita coisa interesante aqui no blog, o pensamento da turma, suas inquietações, suas opiniões e suas críticas, esteja sempre em contato com o blog. Seja bem-vinda ao barco social..aqui as coisas acontecem e são descortinadas!!

Rita de Cássia disse...

Maik adorei seu texto, sou caloura da uesc e confesso que estava um pouco desanimada, pois, as pessoas em minha cidade estava me criticando demais por ter escolhido este curso, porém, é o único que eu me identifico. Depois da calourada inteligente e de ler o seu artigo a minha auto confiança voltou, agora tenho certeza que estou no lugar certo fazendo o que gosto. melhor ainda saberei responder com clareza o que faz um cientista social. Obrigada e parabéns...

Sociologia Hoje disse...

Oi Rita,
sou grato pelo que disse, esse texto foi escrito pensando em pessoas como você que agora faz parte do seleto grupo que desvendará o mundo, especialmente no que diz respeito à sociedade, como ela funciona, seus mecanismos, suas características mais singulares. Continue firme nesse propósito, tenha certeza, vai valer a pena e conte sempre conosco!

Arianni Silva disse...

Oi Maik,adorei o seu texto pois sou caloura do curso de lic.em ciencias sociais na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).Na verdade eu sempre quis fazer Direito como nessa universidade ainda n tem o curso e tbm por gostar da area de humanas o unico curso q tinha mais haver comigo era ciencias sociais.Fui aprovada no vestibular e começei a cursar ,confesso q estou meio apreensiva em relaçao ao mercado de trabalho e tbm ate o momento n quero ser professora é tanto q penso em mudar a graduaçao de lic.para o bacharel ao longo do curso.Eu to planejando pra mim o seguinte:apos concluir esse curso irei fazer Direito pois é a minha paixao,mas sei tbm q o curso de ciencias sociais é perfeito ate para o meu amadurecimento como diz ate professor meu"O nosso curso é um curso diferente de tds os outros".

Maik disse...

Olá Arianni,
feliz pelo seu comentário, de fato, o curso de CiSo é tudo isso mesmo. Imagine dois círculos, um representa o indivíduo, o outro representa a sociedade, num dado momento eles se encontram e surge uma interseção, é exatamente nesta interseção que o cientista social atua, e é onde ninguém atua, ou seja, sem autopromoção, apenas por uma questão de ordem, o profissional de ciências sociais vê o que ninguém mais vê, essa é a diferença entre esse profissional e os demais.

Um abraço e muito sucesso!

Sara disse...

Muito bom! Faço Sociais na UnB, e como você tenho fascínio pela Sociologia ! Sou daí do sul da Bahia e adorei saber da existência do curso na UESC! Sucesso nessa caminhada !

Anônimo disse...

Grato Sara, quando tiver por aqui apareça na UESC, vai ser legal trocarmos ideias! Sucesso pra você também.

Maik

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto Maik! Terminei minha graduação neste último ano e o mercado de trabalho vai se abrindo aos poucos. Como você bem colocou, é importante que o graduando participe dos programas de iniciação científica que pode ajudar, e muito, na hora de entrar no mercado de trabalho futuramente. É bom frisar também que outras atividades extracurriculares são importantes para expandir o campo de atuação do futuro cientista social. Termino com uma humilde dica: a carga de leitura do curso é tão importante quanto a prática da profissão. Caso contrário pode acabar se tornando um excelente conteudista.

Um abraço!

Ricardo Farias Jr.

Anônimo disse...

Grato Ricardo. Com razão vc coloca a necessidade de paticipar, se envolver, estudar e praticar. Um dos grandes desafios do C.S é contextualizar. O mundo precisa de respostas e nós temos as ferramentas para buscá-las, esse é o nosso legado, é para isso que existimos.

Um abraço

Maik

Milena Belançon disse...

ótimo artigo, já fui aprovada no vestibular para Ciências Socias, estou aguardando para iniciar no próximo semestre! Esse artigo abriu meus olhares e me fez ansiar ainda mais pelo inicio do ano letivo! Abraço

Anônimo disse...

Oila!!!Milena, seja bem-vinda à trup, mas fará em que universidade os curso?

Um abraço

Maik

Anônimo disse...

Wow that waѕ odԁ. І just wrote an really long comment but aftеr I clickeԁ submit my comment diԁn't appear. Grrrr... well I'm not wгіting
all that over again. Anyway, just wanted to ѕay fantaѕtic
blog!
My web site: pikavippii

Roberto Santos disse...

Maik, muito bom ler seu texto vou cursar C.S na UFRJ, obrigado pelo esclarecimento.

Maik Oliveira disse...

Às ordens Roberto,
sucesso na caminhada, estamos juntos!

Anônimo disse...

Adorei esse texto, pois estava em duvida qual curso fazer, mora em Aracaju-SE e gostaria de saber qual a sua opiniao sobre o mercado de trabalho aqui onde moro ?
Grata !

Kpop Thurts disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariana Costa disse...

Nossa muitíssimo obrigado! estava a dias em conflito estudando sobre profissões que cairiam bem com o meu perfil, cientista social é perfeita! a profissão dos meus sonhos, adorei o texto MUITO OBRIGADO PELA LUZ! <3

Maik Oliveira disse...

Bom, respondendo ao anonimo do penúltimo comentário, realmente não sei de modo específico o mercado de trabalho para o cientista social em Aracaju. O que podemos afirmar é que este profissional tem despertado grande interesse de variados segmentos, desde as famigeradas aulas de sociologia, aliás, esta uma função para a qual não há muitos profissionais disponíveis portanto vc pode estar quase certo que entrará em uma sala de aula, depois ainda tem as prefeituras e mesmo o Estado que carecem de pessoas capacitadas pala elaboração de projetos e ai tb se encaixa o cientista social, ou seja, há mercado, vc precisa apenas se qualificar. Um abraço!

do colega Maik Oliveira

Maik Oliveira disse...

Mariana,
ficamos felizes com seu comentário e que ótimo que vc se identificou com o curso, seja bem-vinda, quem sabe nos encontramos um dia nesses congressos e seminários de ciências sociais e trocamos ideias?!Faça planos para vir ao nosso anual aqui em Ilhéus na UESC! Sucesso na caminhada!

Anônimo disse...

Olá, sou de vitória-ES e estava bem em dúvida com o curso, da questão dos campos de trabalho em que posso atuar e do que oferece.Achei o texto bem esclarecedor e motivador ! obrigada. Sucesso aí !

leilyane souza disse...

Gostei muito do texto, extremamente esclarecedor! E se eu já me interessava por ciências sociais, agora me interesso mais ainda... Sou da Bahia mas moro em São Paulo atualmente e sabendo que na UESC tem o curso e que está precisando de profissionais no sul da minha querida Bahia, surge mais uma motivação pra voltar e fazer esse curso lindo! Parabéns pelo texto e obrigada, :)

Anônimo disse...

Olá Leilyane e Anônimo,
gratos pela participação, sigam em frente, pessoas críticas compõem a lista das grandes necessidades de uma nação. Juntem-se a nós.

Maik Oliveira

Anônimo disse...

Olá Maik Oliveira,


Gostei muito do seu texto, me esclareceu muitas dúvidas pertinentes ao curso, bom estava cursando Direito quando me apaixonei pelo curso pelo fato de que no primeiro semestre de Direito estudamos as três áreas do curso de ciências sociais, por esse motivo gostaria muito de cursar os dois cursos, no entanto os dois precisam de muita leitura então terei que optar por um apenas.A única coisa que tenho certeza é quero concluir os dois. Parabéns pelo texto, antes não sabia muito bem como explicar as pessoas sobre o curso, mas agora já posso responder com mais convicção.


Larissa Dias

Anônimo disse...

Ola, meu nome é Diane, tenho 17 anos, e estava totalmente perdida e com muitas dúvidas em relação a o que cursar. Sempre fui apaixonada pelas áreas de humanas, e tinha certeza que iria fazer um curso nesse seguimento, mas não sabia qual. O meu maior medo era com o mercado. Ler o seu texto me ajudou muito, antropologia, sociologia e ciências políticas, são assuntos que me interessam muito, e o seu texto me fez querer ainda mais. Já pesquisei universidades aqui perto da minha cidade (no interior de SP)que tenham o curso, e tem na Unicamp e Unesp. Ainda tenho receio quanto ao mercado, mas espero perde-lo. Muuito obrigada.

Bruno disse...

Galera, para quem teve uma formação não tão boa no ensino médio, e que a leitura ainda está se iniciando é possivel acompanha o curso?
Minha linha é as humanas não tem jeito.

Anônimo disse...

Esse curso me vai ser extremamente interessante, muito útil seu texto!

E digo aos capitalistas: Se vc entende bem sobre nossa sociedade, querer acumular capital nem sempre é o mais digno dos objetivos, pense nisso, oq vale mais? :) Conhecimento ou lucro?
Vida digna vc ja vai ter, é isso que importa no final! Mais vale a conscientização! E menos ganância nunca fez mau a ninguem tmbm!

GAMBISMO disse...

Maik, me formei em Ciências Sociais e agora onde vou trabalhar?

Anônimo disse...

Olá Larissa,
enorme desafio o seu viu! Direito e Ciências Sociais é pancada, mas é interessante seu desejo, vai ser uma advogada com um bom nível crítico ou uma cientista social bastante conhecedora dos direitos. Uma dificuldade que vc vai ter é quanto ao positivismo kantiano tão presente no direito. Mas dá pra seguir! Sucesso.

Maik Oliveira
Cientista Social

Anônimo disse...

Diane,
se jogue, se é humanas que vc quer, arrisco dizer que não há curso melhor que Ciências Sociais, isso porque bebe em várias fontes de conhecimento, não é tão engessado. Apenas atente para o ramo que vc quer seguir depois da graduação. Tipo Antropologia, Sociologia ou Política, defina isso durante a graduação, trabalho vc vai ter, não se preocupe.Sucesso!

Maik Oliveira
Cientista Social

Anônimo disse...

Bruno,
vc gosta de ler, gosta mesmo? Se não gosta, complica. A carga de leitura em ciências sociais é imensa, exige poder de síntese, de interpretação. Vc já precisa saber que vai ter que tomar muito café nas madrugadas pra dar conta de tanta leitura. Mas vai descortinar o mundo, desencantar-se com muita coisa e vai dizer...ah! Então é isso? E, provavelmente vai ver o mundo com outros olhos! Compensa!
Abraço!
Maik Oliveira
Cientista Social

Anônimo disse...

Gambismo,
seu curso é licenciatura ou bacharelado? Tem muita coisa pra ser feita. Estude mais, participe de concursos, faça uma pós, um mestrado. O cientista social é antes de mais nada um intelectual. Escreva, publique, busque a carreira acadêmica. Dê aulas. Vc está apenas começando colega.

Maik Oliveira
Cientista Social

Informação disse...

Olá meu querido, boa tarde.
Gostei muito de seu post e das ponderações feitas no mesmo; sou aluno de Ciências Sociais da UFF, Federal Fluminense e, já estando na reta final do curso ainda tinha algumas dúvidas e ponderações acerca do curso justamente pelo fato que você ponderou, é uma área tão ampla e ao mesmo tempo complexa de estudo e análise que nos perdemos e, também uma crítica à instituição pública, ao menos as do RJ, são de formação muito superficial e prepara pouco o aluno para as áreas, o trabalho mais elaborado e denso acaba nao acontecendo pelo interesse na viabilização dos cursos de "mais destaque"; contudo é possível "correr atrás" e fazer a diferença. Grande abraço

Anônimo disse...

Caro, achei um desrespeito vc dizer que o cientista social deve-se aproveitar para ser jornalista. Uma coisa é escrever artigos etc, agora se aproveitar para ser jornalista???? é A MESMA COISA que fazer medicina para ser jornalista. Vc está ferindo o compromisso primordial profissão. Está certo, o Juca Kfouri é jornalista e se formou em ciências sociais. Essa questão do diploma nunca foi primordial à profissão. O jornalismo está na veia, no sangue e não como vc falou de se aproveitar...

Anônimo disse...

Vc falou falou e não disse nada. Só disse que quer fazer ciências sociais para ser jornalista. Vc nasce jornalista e não se torna por causa de uma faculdade. Ser jornalista é escrever todos os dias e ir para a redação e não o que vc está pensando de glamour etc

Hélio Gurgel disse...

Há muito tempo penso em fazer ciências sociais e sinceramente acho que minha vocação é essa, mas estava meio pé atrás em relação ao mercado, esse artigo abriu minha mente, dinheiro é consequência. Agora é fé em Deus e pé na tabua.

Miriã Aguiar disse...

Obrigada pelos esclarecimentos, eu estou fazendo Serviço Social e estou pensando em mudar para Ciências Sociais, pelo fato de eu estar começando a me interessar por política e antropologia. Ainda to na dúvida, na verdade, pois tbm gosto muito de Seso! Vamos ver no que dá!

Postar um comentário